Combonianos Portugal
22/01/2021

Nova presidente da Cáritas

Rita Valadas tomou posse para um mandato de três anos como presidente da Cáritas Portuguesa. A responsável sublinhou em entrevista à Agência Ecclesia que a Cáritas é a instituição «mais capilar» que existe. «Se a Cáritas não chegar, ninguém lá chega. A aposta é tentar olhar para os escondidos, realmente, para aqueles que não sendo naturais deste processo, precisam de ajuda e estão escondidos por vergonha ou outras questões», afirmou.

R Redacção
21/01/2021

Música

Tudo começa com o ritmo vibrante dos tímpanos, a que depois se junta o coro: «Alegrai-vos, cantai felizes! […] Deixai o temor e as penas!» Esta Oratória reúne seis cantatas de Natal, compostas para as festas natalícias de 1734-35, em Leipzig, celebrando o nascimento de Jesus, a anunciação aos pastores e a adoração do Menino, a circuncisão e o baptismo de Jesus, a viagem dos magos e a Epifania. Ou seja, todo o mistério do Natal, que em termos litúrgicos termina precisamente com a Epifania e Baptismo de Jesus. E é tudo isso que este disco contém: o júbilo, a surpresa, a solenidade, a peregrinação e o espanto que de novo celebra a alegria do nascimento, condensada e proclamada nesta Oratória. Se Natal é todos os dias, este duplo disco é para se ouvir muitas vezes ao longo do ano, como só um génio merece e a qualidade de Savall confirma.

A António Marujo
20/01/2021

Irão: Regresso ao acordo

Irão está pronto para regressar «a qualquer momento» aos compromissos com as suas actividades nucleares, garante o presidente Hassan Rouhani (na foto). Teerão assinou o Plano de Acção Conjunto Global (JCPOA) para contenção do programa nuclear em troca da flexibilização das sanções internacionais. Em 2018, os Estados Unidos retiraram-se unilateralmente do acordo e restauraram penalizações.

R Redacção
19/01/2021

Juntos por Cabo Delgado

A província de Cabo Delgado, em Moçambique, enfrenta há três anos uma guerra que desencadeou um verdadeiro drama humano para a sua população (estimada em cerca de 2 340 000 habitantes).

D D. Luiz Fernando Lisboa
18/01/2021

Escolas em rede

A directora executiva da Unicef defende ser necessário ligar todas as escolas do mundo à internet nos próximos dois anos, sob pena de as crianças não conseguirem acompanhar o mundo tecnológico. «A conectividade digital é essencial, já que, sem internet, as crianças correm o risco de ficar para trás numa economia moderna», assegura Henrietta Fore. O Fundo das Nações Unidas para a Infância e a União Internacional das Telecomunicações (ITU) apoiam a iniciativa global Giga, um projecto que visa ligar todas as escolas à rede mundial de comunicação, conhecimento, informação e serviços.

R Redacção
16/01/2021

Manter o “crescimento económico” é insustentável

Recentemente li, mais uma vez, que a ideia do “crescimento económico” é insustentável, mas raramente vejo essa afirmação acompanhada de uma alternativa. As expressões ou chavões não deveriam ser importantes na formação das consciências, mas a realidade é que o são. Por isso, pensei se não haveria uma alternativa a “crescimento económico” que fosse compatível com uma visão do mundo mais sustentável e que estimulasse a experiência da paz entre os povos. Ocorreu-me uma — o ”amadurecimento económico”.

M Miguel Oliveira Panão
16/01/2021

Magrebe: Cultura do cuscuz

Prato nacional nos países magrebinos, o cuscuz é inscrito na lista do Património Imaterial da Humanidade, depois da aprovação pela Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura (Unesco) e por proposta conjunta da Argélia, Mauritânia, Marrocos e Tunísia. A emblemática comida de sêmola de trigo é símbolo de solidariedade, convivência e partilha, e «é hoje apreciada em toda a parte do mundo», congratulam-se os países do Noroeste de África. A tradição implica artesões e fabricantes de utensílios, agricultores, moleiros, bem como comerciantes e hoteleiros.

R Redacção
14/01/2021

China: Novo bispo

O Vaticano informou da ordenação do terceiro bispo na China, na sequência do acordo assinado com Pequim em 2018 e renovado no passado dia 22 de Outubro

R Redacção
12/01/2021

Vacinas globais

O secretário-geral das Nações Unidas denuncia a corrida entre países para conseguir rapidamente a imunização das suas populações contra a covid-19. «As vacinas devem ser um bem público global», preconiza António Guterres. Contudo, o plano da iniciativa global Covax, uma iniciativa global de distribuição justa de futuras vacinas contra a covid-19, enfrenta um elevado risco de fracasso devido à falta de financiamento, podendo deixar milhões de pessoas de países pobres, principalmente em África, na Ásia e na América Latina, sem vacina até 2024.

R Redacção
10/01/2021

Cabo Verde: Apoio às famílias pobres

Devido às dificuldades económicas agravadas pela crise provocada pela covid-19, o Estado cabo-verdiano vai assumir as dívidas e custos de religação ou ligação às redes de electricidade e água das famílias mais pobres do arquipélago até 31 de Dezembro de 2021. O Governo assume que com a pandemia o país deverá ter em 2020 «a maior recessão económica da sua história de país independente», agravada «com a perda de 20 mil empregos», praticamente duplicando a taxa de desemprego, para 20%.

R Redacção
09/01/2021

Boa governação em tensão

O continente africano registou um ligeiro declínio do processo de governação depois de uma década de melhorias progressivas, apesar de 61,2 por cento da população viver num país onde a governação geral é melhor que em 2010. O aviso é do Índice Ibrahim de Governação Africana 2020, publicado pela Fundação Mo Ibrahim.

J José Vieira
08/01/2021

Venezuela: apoio a migrantes

O Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados (ACNUR) e a Organização Internacional para as Migrações (OIM) lançam um apelo de ajuda de 1,4 mil milhões de dólares para apoiar os milhares de migrantes e refugiados da Venezuela e as comunidades de acolhimento em 17 países latino-americanos. «Em plena pandemia as necessidades desta população são crescentes», alertam.

R Redacção
07/01/2021

Nigéria: Estudantes libertados

Mais de 300 rapazes raptados numa escola no Noroeste da Nigéria foram libertados no passado dia 17 de Dezembro. Os jovens tinham sido raptados uma semana antes, após um ataque a um colégio interno masculino na cidade de Kankara, no Estado de Katsina. O ataque foi reivindicado pelo Boko Haram, o grupo jiadista que tem espalhado terror na região. O presidente Muhammadu Buhari definiu a luta contra os jiadistas como uma prioridade.

R Redacção
06/01/2021

Iraque: Visita do Papa Francisco

O Papa Francisco vai visitar o Iraque entre os dias 5 e 8 de Março de 2021. Bagdad, Ur, Erbil, Mossul e Qaraqosh são os locais que o Santo Padre vai visitar nesta viagem apostólica.

R Redacção
05/01/2021

O bem comum para lá do bem do “eu”

O mundo está em constante mudança. As seguranças de hoje tornam-se elos frágeis amanhã. O que damos por garantido agora desvanece-se no momento seguinte. Vivemos em ritmo supersónico e sentimos que não temos outra escapatória: é importante, é urgente, é prioritário... Tudo são justificações para vivermos como vivemos. Em princípio, nada há de errado em querermos “apagar todos os fogos” à nossa volta e, simultaneamente, procurar o nosso bem pessoal. O problema surge quando somos arrastados pela ideia de que para servir/ajudar outros temos de nos anular a nós mesmos e rejeitar grande parte daquilo que somos e daquilo que ansiamos ser.

S Susana Vilas Boas
04/01/2021

Somália: Ingerência queniana

A Somália rompe relações diplomáticas com o Quénia, quando prepara as eleições legislativas e presidenciais de Fevereiro. «Uma resposta às violações políticas recorrentes e sem vergonha do Quénia», justifica Osman Dubbe, ministro da Informação. O presidente queniano, Uhuru Kenyatta, recebeu Muse Abdi, presidente da região somali da Somalilândia, que se autoproclama independente.

R Redacção
03/01/2021

Turquia: UE endurece

A União Europeia (UE) avança com sanções contra a Turquia devido às actividades ilegais de exploração de gás e acções «unilaterais e provocadoras» no Mediterrâneo Oriental, contra a Grécia e Chipre. As sanções deverão ser avaliadas pelo alto representante para a Política Externa, Josep Borrell, e ser decididas no Conselho Europeu de Março, durante a presidência portuguesa da UE. Entretanto, o presidente turco, Recep Tayyip Erdogan (na foto), desvalorizou as eventuais sanções da UE.

R Redacção
01/01/2021

Construir a cultura do cuidado e a paz

Começamos o ano com a celebração do Dia Mundial da Paz. Na sua mensagem para a efeméride, o Papa Francisco refere que «o ano de 2020 ficou marcado pela grande crise sanitária da covid-19, que se transformou num fenómeno plurissectorial e global, agravando fortemente outras crises inter-relacionadas como a climática, alimentar, económica e migratória, e provocando grandes sofrimentos e incómodos».

B Bernardino Frutuoso
31/12/2020

Minas mais mortais

Pelo quinto ano consecutivo, verifica-se um aumento do número de vítimas causadas por minas terrestres, restos de munições e outros resíduos explosivos de guerra, revela o relatório Landmine Monitor 2020, promovido pela rede internacional ICBL-CMC. Foram registadas 5554 vítimas, das quais 2170 mortes, 3357 feridas e 27 tiveram destino desconhecido.

R Redacção
30/12/2020

Acordo bilateral

O Parlamento Europeu reúne-se em sessão extraordinária, no final de Dezembro, para aprovar um acordo pós-Brexit, caso exista entendimento entre o Reino Unido e a União Europeia. «A pressão do tempo é elevada», observa Ursula von der Leyen, presidente da Comissão Europeia. O Reino Unido saiu da UE em Janeiro e beneficia de um período de transição que mantém o acesso ao mercado único e união aduaneira até ao final de 2020.

R Redacção
29/12/2020

Missão em zona de violência

À porta do seminário comboniano de Kisangani, onde ensina o missionário português Arieira de Carvalho, cada dia aparece mais gente a pedir ajuda, reflexo do agravamento da situação sociopolítica no país que ameaça degenerar em guerra civil.

C Cristina Fernandes Ferreira
28/12/2020

Bispos alarmados com a imigração ilegal

Os bispos do Senegal, Mauritânia, Cabo Verde e Guiné-Bissau estão profundamente preocupados com a recrudescência do fenómeno da imigração ilegal, especialmente entre a juventude. Numa declaração conjunta, emitida no final da assembleia ordinária anual, que se realizou de 9 a 15 de Novembro passado, os prelados convidam os governos a «tomar iniciativas concretas, que forneçam soluções satisfatórias para os problemas dos jovens que imigram de modo ilegal». Fazem também um apelo às instituições estatais para tratar da questão da segurança nacional e pedem às autoridades que «garantam e promovam a justiça, a equidade, a paz e a coesão social».

R Redacção
26/12/2020

Polisário em guerra

O governo do rei Mohammed VI de Marrocos e a Frente Polisário, movimento político revolucionário que reivindica a autonomia do Sara Ocidental, mobilizaram militares e combatentes para a área de Guerguerat, situação que poderá pôr fim ao cessar-fogo vigente desde 1991. A direcção militar da Frente Polisário afirma que a ofensiva de Novembro contra bases militares e postos de vigilância como uma «declaração de guerra a Marrocos» depois da «invasão» ao Sudoeste do Sara Ocidental, ofensiva que Rabat justifica com o assegurar de passagem de mercadorias para a Mauritânia.

R Redacção