Faleceu D. Pedro Casaldáliga, defensor dos pobres

Faleceu D. Pedro Casaldáliga, defensor dos pobres

06/09/2020
Redacção

Faleceu no passado dia 8 de Agosto, aos 92 anos, D. Pedro Casaldáliga (à direita, na foto), profeta, poeta, bispo emérito da Prelazia de São Félix do Araguaia. Conhecido pelo seu compromisso ao lado das comunidades pobres e indígenas, enfrentou a ditadura militar e os poderosos proprietários de grandes extensões de terrenos agrícolas.

«Dom Pedro marcou a sua vida pela solidariedade em relação aos mais pobres e sofridos, fazendo do seu ministério, sua poesia e sua vida um canto à solidariedade. Preocupado em “nada possuir, nada carregar, nada pedir, nada calar e, sobretudo, nada matar”, contempla agora o Deus da Vida, a quem buscou servir em cada pobre, em cada sofredor», lê-se na nota de pesar da CNBB.

«A sua actividade como bispo teve as seguintes características: evangelização, vinculada à promoção humana e à defesa dos direitos humanos dos mais pobres; criação de comunidades eclesiais de base com líderes que sejam fermento entre os pobres; encarnação na vida, nas lutas e esperanças do povo; estrutura participativa e co-responsável na diocese», refere ainda o texto dos bispos brasileiros.

D. Pedro Casaldáliga, missionário claretiano natural de Espanha, foi ameaçado de morte sucessivas vezes e alvo de um atentado, mas manteve-se coerente com o que defendia até ao fim.