Risco de exploração

Risco de exploração

17/08/2020
Redacção

O Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados (ACNUR) alerta para o risco de as dificuldades económicas causadas pela pandemia estarem a empurrar os refugiados urbanos de África para a exploração laboral e sexual. Em regiões da África Oriental, no Corno de África e na região dos Grandes Lagos, os refugiados das zonas urbanas perderam os empregos com o encerramento dos negócios motivados pelas medidas de combate à covid-19.

«Tememos que, se não receberem mais apoio, muitos refugiados urbanos se tornem extremamente vulneráveis à exploração, contraiam dívidas significativas e possam ser forçados a situações desesperadas para sobreviver, como trabalho infantil ou sexo comercial», revela Charlie Yaxley, porta-voz do ACNUR.